AMIGOS DA CURA

TROCA DE INFORMAÇÕES A FAVOR DA VIDA

Pessoal, preciso de uma ajuda..

Faz mais de 2 anos que sinto dores no testículo esquerdo, uma espécie de desconforto que irradia do testículo até o abdomen.

Fui em vários médicos e fiz vários exames, entre eles:

- Exame de Urina (uns 4)
- Espermograma (uns 4)
- PSA (1 apenas)
- Exame de toque
- Ultrasson das vias urinárias (2 apenas)
- Ultrasson da Bolsa escrotal (uns 4)
- Ressonancia Magnética da região abdominal + testículo

De todos esses exames, não achei nada, nem mesmo cancer na região. Não tenho nenhuma bactéria no esperma e nem na urina. O PSA e exame de toque não acusaram prostatite, porém no exame clínico, se apertar o epidídimo esquedo, sinto uma forte dor (aumento da dor que já tenho).

Existem dias que a dor no testículo é maior que outros dias, e sinto que a dor aumenta após a ejaculação. (o desconforto é constante 24 hr por dia)

Alguém já teve este problema? conseguiu se curar ou tem alguma sugestão para curar este problema?

Para quem não sabe, a Epididimite é a inflamação do epidídimo, uma parte interna do testículo. Já tomei vários remédios e antinflamatórios fortíssimos, mas nem efeito fizeram...

Alguém na mesma situação?

Por favor, vamos compartilhar informações sobre este problema.

Existem vários homens com este problema aqui no Brasil e em vários outros países, todos com esses mesmo problema sem os médicos urologistas conseguirem resolver..

Exibições: 121742

Responder esta

Respostas a este tópico

Tambem fui diagnosticado com epididmite, uma droga.  Demorei uns dois meses ate ser diagnosticado, fiz um ultrassom com Doppler e nada, um mes depois um outro ultrassom diagnosticou afeccao aguda. Depois tomei antibiotico, ciprofloxacino durante tres semanas, melhorou mas aparentemente voltou.

Vou fazer uma cultura de esperma e uma de urina para ver qual a bacteria... Mas pelo que eu andei lendo, o fato de nao ter sido encontrada nenhuma bacteria nos seus exames, nao significa que voce nao esta com a infeccao.

Sim, concordo contigo... Posso não ter bactérias, mas a inflamação ainda persiste.. Se eu tivesse bactérias durante esses 2 anos, acho que eu já teria morrido de infecção generalizada..rs..

É como se virasse algo autoimune, nada faz efeito... Tenho contato com outras pessoas com o mesmo problema que eu, inclusive de sintomas e características, e todos os médicos fazem esse procedimento de exames padrões..

Eu cheguei a tomar antibióticos pois os médicos passaram por desencargo, mas não adiantou nada... Cheguei a tomar até injeção de intiinflamatório, e nada..

Será que alguém pode nos ajudar??

Marcio disse:

Tambem fui diagnosticado com epididmite, uma droga.  Demorei uns dois meses ate ser diagnosticado, fiz um ultrassom com Doppler e nada, um mes depois um outro ultrassom diagnosticou afeccao aguda. Depois tomei antibiotico, ciprofloxacino durante tres semanas, melhorou mas aparentemente voltou.

Vou fazer uma cultura de esperma e uma de urina para ver qual a bacteria... Mas pelo que eu andei lendo, o fato de nao ter sido encontrada nenhuma bacteria nos seus exames, nao significa que voce nao esta com a infeccao.

Diego, minha situação é bem parecida com a sua. Não cheguei a fazer tantos exames como vc, mas  fiz vários na epoca em que apareceu a inflamaçao e depois de tanto aborrecimento abandonei a busca por diagnostico. Isso tudo começou há 3 anos, e hoje posso afirmar que a dor aumentou bastante de lá pra cá. Terei que retornar a fazer exames e buscar tratamento.

Oi juca, tudo bem?

Eu desisti da medicina convencional, tomei tanto antiinflamatório e não tive resultado.
Estou tentando a auto-hemoteraia. Fiz 4 aplicações ate agora, mas não tive
Muito resultado ainda.
Sua dor também aumenta após a ejaculação??

Oi Diego,td jóia?


Então...  após a ejeculação dá um certo alivio,mas depois de um tempo, passa a doer em dobro.Fiz um novo exame essa semana e só confirmou o que eu já esperava.
Além da varicocele bilateral, o lado esquerdo ( o que dói mais) também foi afetado pela epididimite.
O urologista indicou a cirurgia, mas logo voltou atrás, alegando q pela minha idade seria melhor eu passar por um tratamento com  um antibiotico especifico para esse problema.
A urologista que me acompanhava antes dizia o contrário; queria tratar e fazer a cirurgia em seguida, justamente por causa da minha idade, a fim de evitar a infertilidade.
Vc chegou a ter problemas com varicocele tb?
O seu espermograma deu alguma alteração?

 

 

Tudo indo, e vc juca?

Então, nos exames que fiz a única coisa que acusou foi uma varicocele no lado esquerdo (lado da dor), porém grau leve... Fiz o espermograma e não tive alteração na contagem, ou seja, nenhum indício de infertilidade.. Fora isso, nem epididimite acusou no ultrasson, a epididimite foi constatada nos exmes clínicos, pois ao apertar o epidídimo esquerdo, euu sentia uma enorme dor...

Justamente depois da ejaculação a dor aumenta, como se ficasse latejando... A ejaculação em si é normal, o ruim é depois, uma sensação de ter levado uma pancada no testículo..


Antes eu pensava que a varicocele que estava me causando dor, mas fui em mais de 4 médicos, e ambos me juraram que varicocele não causa dor, apenas interfere na fertilidade.. Tomei antibióticos e mesmo assim a epididimite continua, sem falar em vários antiinflamatórios que tomei, até injetável, e não fez nenhum efeito... O médico me disse que o epidídimo pode ser retirado, porém é certeza de ficar infértil nesse testículo, e não conseguem garantir que a dor vai sumir, ela pode continuar... talvez a soluçao seria tirar o testículo inteiro, mas tenho medo e não tenho filhos ainda...

Cara, você não imagina a quantidade de homens com esse problema, aqui e no mundo.. E ninguém consegue resolver, é sempre o mesmo procedimento.. Ultrasson, antibióticos e antiinflamatórios.. Procedimento padrão dos urologistas...


Olá pessoal, partilho da mesma dor que vocês. Também fui diagnosticado com epididimite crônica. Faz mas de 1 ano que eu comecei a sentir as dores. Infelizmente, fiquei esperando ser atendido na rede pública de saúde, e até hoje nada. Marquei logo no inicio das dores, demorou 6 meses para vir a consulta. 
Chegando no hospital recebo a notícia de que o médico estava de férias. Volto para casa, de volta a fila de espera. 6 meses se passaram, fui chamado e dessa vez o Hospital estava em reforma. Não esperei mais e fui a uma clínica particular. Mas houve a primeira consulta, compra de remédios e ultrassonografia. Nada na ultrassonografia, mas o teste clínico acusou epididimite, pois ao apertar os meus testículos senti dor e o médico comprovou. Como alguns de vocês, já procurei algo sobre essa infecção, e, até agora, só li sobre casos onde as pessoas não obtiveram a cura. As vezes  fico desanimado, meio depressivo, pois parece não ter fim, me sinto como se não tivesse saída. Estou no meio de um tratamento, onde tenho que tomar três bezetacis. Se isso ão der certo não sei até onde posso ir. De certa forma, ao saber que algo possa ser incurável você acaba aceitando-o. É estranho, e, ao mesmo tempo, é horrível. Tenho 20 anos e parece que arrumei algo - não sei como - que ficará comigo. 
Caso encontrem alguma solução, não deixem de compartilhar. É algo muito importante. Abraço

Fortalecendo seus glóbulos vermelhos através da alimentação, evitando principalmente o consumo dos açucares e a prática da fantastica técnica divulgada pelo Magnífico Médico Doutor Luiz Moura com certeza a curá virá será questão de meses, depende de sua vontade de querer.

Veja mais http://amigosdacura.ning.com/profiles/blogs/melhore-sua-imunidade


Obrigado Maurecir.
Maurecir Mafra disse:

Fortalecendo seus glóbulos vermelhos através da alimentação, evitando principalmente o consumo dos açucares e a prática da fantastica técnica divulgada pelo Magnífico Médico Doutor Luiz Moura com certeza a curá virá será questão de meses, depende de sua vontade de querer.

Veja mais http://amigosdacura.ning.com/profiles/blogs/melhore-sua-imunidade

Oi Luan!

Tenho este problema de Epididimite crônica fazem pouco mais de 3 anos.

Realmente é dificil conviver com essa dor, deixa a gente tão desanimado sabe? Inclusive faz a gente pensar o porque mereçemos este tipo de problema, onde foi que erramos??

Enfim..

 

Fiz 10 aplicações de Auto-hemo, e ainda não tive resultados satisfatórios, e além disso diminui o consumo de refrigerantes e começei a tomar Cloreto de Magnésio em jejum quando acordo... Tenho a esperança que eu pouco tempo terei resultados, pois dizem que as vezes não temos resultados com menos de 12 sessões...

Você também fica triste com esse problema que surgiu? Tente não ficar, pois só piora as coisas... Temos que agradecer a Deus enquanto estamos tendo possibilidades e procurar e tentar novos tratamentos, sempre com a esperança de obter um bom resultado...

Olá pessoal. Também estou na mesma situação de ,praticamente, todos aqui do fórum. Encontrei esse site há alguns dias atrás e achei muito bom. Vivo com esse tormento há praticamente dois anos. Já fiz quase o mesmo número de exames que o Diego relatou.Às vezes, bate até uma depressão. Acho que temos de matermos contato, pois infelizmente a medicina ainda não conseguiu encontrar algo de nos conforte. Peço a todos os colegas com essa doença infeliz que relatem qualquer melhora com qualquer tratamento. Diego, está sentindo algo melhora com o Cloreto de Magnésio.

Oi Alessandro, tudo bem?

Começei a tomar o Cloreto de Magnésio fazem 3 semanas..Confesso que estou sentindo uma espécie de alívio em relação a dor, é como se a sensibilidade que sentimos no testículo por causa da inflamação, diminuisse, ficando mais próximo do normal...

Parece que meu corpo está mais forte, e tenho a impressão que agora demora menos tempo para o testículo parar de ficar com a dor forte...

Geralmente nosso problema se agrava depois da ejaculação, e fica aquela espécie de queimação, dor e desconforto... Se antes eu demorava 2 dias para a dor diminuir, agora parece que ela estabiliza em 1 dia apenas... Ela não some totalmente, mas se continuar assim, tenho fé que vai desaparecer...

Estou fazendo Auto-Hemoterapia, tomando Cloreto de Magnésio e dormindo com um travesseiro entre as pernas, para evitar a pressão da coxa no testículo...

E você está tentando algo atualmente? Vamos trocar o máximo de informações e dicas possíveis. Temos que nos ajudar, pois os médicos até agora não conseguiram nos ajudar...

Abraço!

Responder à discussão

RSS

Visitantes online

Colaboradores

.

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

© 2017   Criado por Maurecir Mafra.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço