AMIGOS DA CURA

TROCA DE INFORMAÇÕES A FAVOR DA VIDA

Gerador de ozônio caseiro que utiliza ar pode ser utilizado como medicinal ?

Gostaria de saber se o ozônio resultante dos equipamentos caseiros que utilizam ar (somente 20% oxigênio) , resulta em um ozônio tóxico para insuflação retal e intravenoso como muitas pessoas dizem ? Ou isso seria intriga dos fabricantes de geradores de ozônio que utilizam cilindro de oxigênio acoplado ?

Exibições: 312

Responder esta

Respostas a este tópico

O que ocorre e que ao usar o ar apenas vc tera baixa concentracao de ozonio . Visto que no ar existem outros gases e apenas o oxigenio tera a transformacao pelo arco voltaico controlado.

Ja se introduzir oxigenio puro a saturacao de ozonio sera em escala bem maior pois so entrara oxigenio e naturalmente saira apenas ozonio. 
Nunca ouvi falar de ozonio toxico. Mas sei que em nao se pode JAMAIS inalar ozonio pois endurece os pulmoes.

Ricardo

  Ar  da atmosfera pode estar contaminado com outros gases

A producao de ozonio se da por meio de alta tensao e isto e igual nos geradores ate onde eu saiba. Pra vc ter nocao e so vc conparar a estrutura atomica do ozonio . 



joao carlos martins disse: 

  Ar  da atmosfera pode estar contaminado com outros gases

Vale lembrar que o ozonio e altamente oxidante e fara a descontaminacao do ar restante da transformacao , pois estarao juntos na mesma camara. 

Ja usei ozonio numa ferida e o resultado e muito bom. Pode-se ozonizar o oleo tambem e passar nos locais desejados.

Amigos lembrem-se que JAMAIS PODE INALAR OZONIO< JAMAIS  

Pois endurece os pulmoes.

Minha contribuição:

Jamais utilize ozônio produzido a partir de ar atmosférico para qualquer aplicação interna ao corpo.

O ozônio produzido a partir do ar só pode ser usado externamente, borbulhado em água o aplicação externa por meio de bolsas. Pode também ser usado para tratar água potável, e aí pode, sim, ser ingerido.

Não se deve usar ozônio feito do ar porque o ar contém, além de oxigênio, o nitrogênio, que resulta em vários outros gases, como NO (monóxido de nitrogênio), NO2 (dióxido de nitrogênio), N2O (monóxido de dinitrogênio), entre outras combinações possíveis. A maioria desses gases têm efeito tóxico. O NO2, por exemplo reage com a água e resulta em ácido nítrico HNO3 que é altamente corrosivo, e o N2O tem efeito sobre o sistema nervoso. 

Então, para uso interno - aplicação venosa ou arterial, insuflação retal, vaginal, uretral.....só pode ozônio feito de oxigênio puro. Espero ter ajudado.

Amigos, sou farmacêutico ortomolecular e trabalho com ozonioterapia em meus pacientes, e os resultados são excelentes.

Caso algum dos senhores tenham interesse em adquirir um gerador de ozônio medicinal profissional pode entrar em contato comigo. Com a aquisição do aparelho disponibilizo protocolos terapêuticos oficiais em ozonioterapia.

R$ 2.290,00 podendo ser parcelado em 12x sem juros

Att

Israel Beser
Ozoniterapeuta

israelbeser@hotmail.com

Amigo, não corra eese risco, é melhor adquirir um gerador de ozônio medicinal.

entre em contato

israelbeser@hotmail.com

Abs

Bom se a questao sao s contaminantes do ar , a solucao e facil.  alugar ou comprar um tubo de oxigenio medicinal e colocar na entrada do ozonizador.

qual seria a diferenca tecnicamente falando do ozonizador medicinal,, creio que apenas o preco.

Vamos ver as opinioes....

Eu acho um tanto arriscado, principalmente se for utilizar via intravenosa! Porém se o aparelho for bem montado e com material de qualidade como aço inox, quartzo etc, fazendo o uso de um cilindro de oxigênio medicinal, a teoria é que dá certo. Depois teria que pegar o gás produzido e passar por um analisador de ozônio para ver se o mesmo está saindo ozônio e em qual concentração!

Att,

Israel

Tecnicamente funciona, concordo na analise do gas. Mas convenhamos que o processo e atraves de alta tensao e tanto os caseiros como os industriais operam assim e isso e fato.

Trabalho com eletronica profissionalmente a mais de 30 anos e creio na producao de gas ozonio medicinal de alta qualidade com baixo custo.

Um analisador de ozônio em corrente gasosa é relativamente caro e até certo ponto inviável para a maioria das pessoas para uso estritamente doméstico.

Por outro lado, montar um dispositivo gerador de O3 é fácil para quem tenha razoáveis conhecimentos em eletrônica e em especificação de materiais.

Quanto à concentração de O3 na corrente gasosa à partir de oxigênio medicinal, conhecimentos básicos de química analítica permitem calibrar um aparelho em função da tensão e da corrente de entrada do aparelho, medidas com um wattimetro por exemplo. Nesse caso, a concentração de O3 deve ser monitorada periodicamente por meio de titulometria.

Responder à discussão

RSS

Visitantes online

Colaboradores

.

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

© 2017   Criado por Maurecir Mafra.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço