AMIGOS DA CURA

TROCA DE INFORMAÇÕES A FAVOR DA VIDA

TABACO E AUTO-HEMOTERAPIA SÃO INCOMPATIVEIS NA CURA DE DOENCAS

Apliquei a AHT com grande sucesso em duas pessoas sendo que uma delas, usava cadeira de rodas pela impossibilidade de se locomover, ambas andam normalmente e a senhora da cadeira de rodas, não precisando mais dela, a ofereceu a uma instituição de caridade.

Uma terceira pessoa, a quem comecei a aplicar em Novembro, não sentia melhoras em sua ulcera duodenal, e estava mesmo decidida a submeter - se a uma intervenção cirurgica ja aconselhada pelo médico. eu havia prometido que a ulcera seria reduzida, e nada de melhoras na paciente, então lhe aconselhei a que parasse de fumar, baseada praticamente na intuição. O milagre aconteceu, a ulcera esta a curar-se a passos de gigante surpreendendo o médico que afirma que "uma ulcera daquelas não desaparece assim", segundo suas palavras.

Infelizmente não posso usar os nomes das pessoas por se tratarem de pessoas publicas.

Quanto a mim, por falta de coragem não consigo ingetar-me, e aqui em Paris ninguem o faz

Posso afirmar: TABACO E AHT são incompativeis, o tabaco impede os beneficios da AHT

Exibições: 572

Responder esta

Respostas a este tópico

Realmente este tipo de negação, é que faz com que a AH seja proscrita. Cada um pela sua consciência, mas negar ao próximo a chance de ter uma ajuda, com a força de um depoimento de uma pessoa pública...

De qualquer modo, cada um responde pela suas escolhas. Eu ainda que não seja "personalidade pública" tenho tambérm uma imagem social que sei que é arranhada principalmente no trabalho, pois sei que sou visto meio como maluco por fazer e defender a terapia. As pessoas torcem o nariz quando se deparam com o desconhecido, ainda mais quando este desconhecido é preconceituosamente desmerecido. No caso, sabemos que a mola para este preconceito contra a terapia é meramente mercenário...

 Mas voltando à vaca fria, acho que de fato não é uma incompatibilidade  do tabagismo com a AH: simplesmente, creio, seja de fato, uma reação mais acentuada após o fim de uma poderosa agressão voluntária ao corpo, que pode inclusive, ter desencadeado este mal. Assim, cessando a agressão, a regeneração natural, acentuada potencialmente pela a AH, se fez mas notável...mas impedir, acho que não...

Ifelizmente não me sinto no direito de usar o nome das pessoas sem a permissão delas. O fato esta exposto e isso quanto a mim, é o principal para levar ao conhecimento publico as benesses da Auto-Hemoterapia e as maravilhas que esse tratamento tem desempenhado,  curando aqueles que sofrem. Quanto aos nomes, nada significam perante os fatos que falam mais alto em favor desse maravilhoso tratamento, soberanamente divulgado neste  magnifico blog, originado pela generosidade  de Maurecir Mafra, exemplo a seguir por qualquer um de nos

Por favor, não me interprete mal. Não critiquei sua postura, de fato correta. Afinal, temos direito à privacidade. O que me atormenta é ver pessoas serem beneficiadas e egoistamente omitirem-se de postular a mesma chance que tiveram aos que ainda padecem das suas e de outras doenças  e ignoram esta maravilhosa alternativa.

Hoje mesmo recebi um telefonema de um senhor, (a quem indiquei um cirurgião oftalmologista com quem eu e parentes e amigos  operaram e que tratou um parente meu com uma injeção de sangue autólogo no subconjuntival, salvando-lhe a visão) amigo mesmo, que, diabético, está vendo sua visão degenerar de forma acentuada, mesmo sob tratamento protocolar cabível. Inconformado, reluta em aceitar sua doença e culpa á uma alegada má vontada da médica diante de seu quadro... Tentei explicar que segundo se pode ler e estudar sobre o caso, a diabeta causa danos mesmo estando controlada. Que este controle é somente das taxas de insulina e açucar no sangue, que as derivadas da degeneração da circulação são, com tratamentos protocolares, inevitáveis ao longo prazo... Falei de casos que conheço pessoalmente de pessoas diabéticas que usando a terapia viram remissão de suas sequelas, um voltando até mesmo à atividade laboral, afastado pelas complicações desta silenciosa e sinistra doença.

Mesmo diante de fatos e dados, mostrou-se muito reticente quanto à possibilidade de estudar e conhecer a terapia, mesmo sendo sua esposa enfermeira... De qualquer forma fiz o que minha consciência me ditou: relatar e dar as informações e relatos. Acho que esta é uma posição digamos, mais humana para com o próximo: Dar a chance, e não se  omitir silenciar no anonimato...

De qualquer forma seu relato tem sim grande valor e utilidade e espero que continue e que possa trazer mais vivências coma terapia.. Um grande abraço.

Responder à discussão

RSS

Visitantes online

Colaboradores

.

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Últimas atividades

Michael Marques marcaram como favorito o perfil de Sandra Cristina Mota Franco
2 horas atrás
Michael Marques marcaram como favorito o perfil de EDIENO ORNELAS ALVES
2 horas atrás
Michael Marques marcaram como favorito a discussão Auto Hemoterapia BH de Junior
2 horas atrás
Michael Marques marcaram como favorito o perfil de Gabriela Rocha Coimbra
2 horas atrás
Michael Marques respondeu à discussão Auto Hemoterapia BH de Junior
2 horas atrás
Michael Marques respondeu à discussão Auto Hemoterapia BH de Junior
2 horas atrás
Michael Marques marcaram como favorito o grupo PACIENTES DE AVC de Fernando Almeida
2 horas atrás
Michael Marques marcaram como favorito o grupo Auto-hemoterapia de Maurecir Mafra
2 horas atrás

© 2017   Criado por Maurecir Mafra.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço