AMIGOS DA CURA

TROCA DE INFORMAÇÕES A FAVOR DA VIDA

Caríssimos amigos do blog, nos últimos dias recebemos dezenas de ligações e e-mail sobre as consequências da sanção da Lei n. 13.269/2016 que autorizou o uso da fosfoetanolamina sintética por pacientes diagnosticados com neoplasia maligna.

Diante disso, decidimos informar que, em sentença em processo judicial de 04.05.2016 na Comarca de Cravinhos, foi decidido o seguinte em trecho daquela sentença:

“Após reunião entre o juiz da Comarca de Cravinhos/SP, e o Diretor do Laboratório PDT Pharma, acerca da comercialização da fosfoetanolamina em atendimento aos pedidos judiciais, ficou definido um prazo de 30 dias para fornecimento do produto com produção em larga escala, porém, desde que o paciente arque com os valores de custo de produção de R$6,00 (seis reais) por cápsula”

 

Assim, surgiu uma nova opção para obtenção da fosfoetanolamina atualmente.

 

1º – Aquele que possuir condições financeiras de comprar o produto:

Os pacientes que tiverem condições de arcar com os custos, poderão ingressar com uma nova ação judicial contra o laboratório PDT Pharma em Cravinhos/SP para que o juízo determine o fornecimento.

O pagamento referente aos custos da produção deverá ser realizado por meio de depósito judicial, com pedido judicial específico.

Ainda não vislumbramos a possibilidade de pleitear o custeio pelo estado.

 

Mais informações e detalhes, sobre mandado judicial, pelo e-mail: ebrs@hotmail.com

Exibições: 1474

Comentar

Você precisa ser um membro de AMIGOS DA CURA para adicionar comentários!

Entrar em AMIGOS DA CURA

Visitantes online

Colaboradores

.

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

© 2017   Criado por Maurecir Mafra.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço