AMIGOS DA CURA

TROCA DE INFORMAÇÕES A FAVOR DA VIDA

A dengue é uma doença virótica, parente da hepatite C. E NÃO
MATA! Isso até 1957, quando surgiu no mercado a droga chamada PARACETAMOL
(base do Tylenol e outros, verifique a bula). Indicada para aliviar os
sintomas da dengue, pelo Ministério da Saúde Brasileiro, a partir de
1957, a dengue começou a matar.O PARACETAMOL é uma droga que destroi o
fígado. O virus da Dengue, semelhante ao da hepatite C, associado ao
PARACETAMOL, pode levar à morte. A dengue hemorrágica, nada mais é que a
falência do fígado, destruido pelo PARACETAMOL, que provoca a morte do
doente.Se o paciente NÃO TOMAR PARACETAMOL, ele terá todos os sintomas
da dengue: mal estar, frebre, dores nas juntas, vômitos, coceiras e dor
nos fundos dos olhos, mas, após uma ou no máximo duas semanas, estará
VIVO e bem. O tratamento é repouso, superhidratação e dipirona e seus
derivados, apenas para aliviar o desconforto. Não há droga para
tratamento de dengue!!!
"O paracetamol é contra indicado, mesmo nas doses habituais, para
pacientes portadores de quaisquer disfunções hepáticas (hepatites
causadas por vírus, alcoólicas ou cirrose), AIDS e doenças
imunossupressoras.O vírus do Dengue, especialmente a forma hemorrágica
da doença, provoca necrose do tecido hepático que pode evoluir em casos
extremos, para a falência do órgão. E o paracetamol pode agravar este
problema, pois, mesmo em pequenas doses, esta droga agride a célula
hepática e pode causar danos, principalmente se já se trata de um órgão
comprometido. Por outro lado, a superdosagem de paracetamol, por si só,
implica em sofrimento agudo do fígado e pode causar a falência do órgão
em poucas horas" (ANVISA).
Nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, paracetamol é proibido. Na
Grã-Bretenha, é usado para suicídio. Tomando mais do que 4 gramas
diárias ou 10 comprimidos de PARACETAMOL, em cinco dias seu fígado é
destruído.

Por isso, se você ama alguém, informe-o disso.

Exibições: 14446

Tags: C, dengue, figado, hepatite, paracetamol

Comentar

Você precisa ser um membro de AMIGOS DA CURA para adicionar comentários!

Entrar em AMIGOS DA CURA

Comentário de Jaciara Ferreira em 29 março 2011 às 16:56

Recebi outro e-mail (da amiga Daniela  Amdradi), que confirma os malefícios do PARACETAMOL. Segue abaixo o conteúdo da mensagem:

LabConsS - www.ufrj.br/consumo Médico diz que paracetamol pode levar paciente de dengue à morte

Um e-mail que circula pela internet alerta para os perigos do consumo de paracetamol, o tylenol, por pessoas com sintomas de dengue. Segundo a mensagem, o medicamento é responsável por piorar o quadro do paciente, podendo até levar à morte por insuficiência hepática. O remédio é indicado pelo Ministério da Saúde para tratamento de sintomas da dengue, como febre e dor. O órgão defende que o paracetamol tem efeitos adversos mais favoráveis quando usado em doses terapêuticas.

O médico, pesquisador e professor da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto), Renan Marino, citado como fonte das informações do e-mail, confirmou o alerta. Segundo ele, o paracetamol afeta o fígado do paciente. “A dengue causa hepatite e paracetamol também causa hepatite química. Dessa forma, o paciente pode morrer e vai ser erroneamente diagnosticado com dengue hemorrágica, quando foi causada por paracetamol.”

O especialista afirmou, ainda, que a medicação é cada vez mais incriminada como tóxica ao redor mundo, sendo que seu uso foi considerado a maior causa de transplante de fígado na Inglaterra e nos Estados Unidos. “Não tem um
trabalho no mundo dizendo que pode usar paracetamol na dengue”, afirmou. “O que está por trás disso? Preservar a vida das pessoas não é”, questionou. Para Marino, a indicação do medicamento se deve a um suposto lobby no Ministério da Saúde. Outros dois médicos, o toxicologista Anthony Wong, do Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas, e o infectologista da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), Luís Alberto Marinho também já deram depoimentos públicos contra o uso do medicamento. Wong chegou a dizer que não sabe o motivo pelo qual o remédio ainda continua sendo comercializado.

*Ministério da Saúde* Já de acordo com o Ministério da Saúde, o uso do paracetamol em pacientes com dengue e com doença hepática “pode ser realizado de forma segura sem agravamento do quadro”. Em nota enviada ao *eBand*, o órgão defendeu que  a insuficiência hepática não é específica da dengue e que a hepatite fulminante causada pela doença é “raríssima”. “O paracetamol tem sido preferencialmente usado na prática clínica devido a menor indução de irritação digestiva”, justificou o ministério.

O órgão ressaltou ainda que a recomendação de uso do paracetamol é feita aos médicos e que o paciente não deve tomar medicamento por conta própria. “Ao surgirem os sintomas, a pessoa deve ir ao serviço de saúde mais próximo”.
Outro remédio indicado para conter os sintomas da dengue é a dipirona (este não destrói o fígado).

Ainda assim, o médico Renan Marino entrou com uma representação contra o Ministério da Saúde no Ministério  Público Federal, que aceitou a denúncia e deve investigar o caso.

“O que mata na dengue é o paracetamol. Por negligência, o Ministério da Saúde é um dos maiores responsáveis.”  

 

Fonte:http://www.band.com.br/jornalismo/saude/conteudo.asp?ID=100000414093

Comentário de Alberto Schläpfer em 29 novembro 2010 às 13:44
valeu demais pelas dicas!! vou postar algo sobre isso sim!!!!
Um grande abraço
Alberto
Comentário de Alberto Schläpfer em 29 novembro 2010 às 8:56
Amiga,
você acredita que semana retrasada eu tive que extrair um dente, a como a coisa foi complicada, me foi receitado um forte analgésico? Pois bem. Eu comprei o analgésico mas antes da anestesia passar e eu começar a sentir as dores, me lembrei de um post do meu blog onde fala que o gengibre é um analgésico natural. Assim, fiz o chá de gengibre e esperei atingir a temperatura ambiente, pois eu fiquei proibido de tomar qualquer coisa quente. Enquanto esperava o cha esfriar, a anestesia foi perdendo o efeito e a dor começou. Mesmo assim não tomei o analgésico. Aguentei...mas a dor estava insuportável. Aí, nesse ponto o cha já estava frio e tomei. O que posso dizer é que fiquei impressionado! A dor passou e até hoje guardo de lembrança a caixa ainda lacrada do analgésico que comprei e que nem foi preciso tomar.
Comentário de vania b em 13 outubro 2010 às 19:18
olá,eu ja sabia que o paracetamol prejudica o figado mas achei q nao era tanto
sódescobri depois que meu marido pegou denge e dei pra ele tomar mais ou menos
uns 10 comprimidos em 3 dias,mas graças a Deus nao aconteceu nada fiquei mt
preocupada pois ele tem o virus da hepatite B nao é doente mas o virus ta la,no figado dele
acho que a sorte dele foi ter feito hemoterapia no ano passado fez umas 10 aplicaçoes
acho q isso ajudou mt o figado...nunca mais comprei paracetamol.eu tmb faço uso da
hemoterapia,e nao fico mais sem fazer...
Comentário de ANGELA LEMOS em 31 agosto 2010 às 21:51
VOU AVISAR A MINHA FAMÍLIA, POIS TODOS TEM COSTUME DE USAR TILENOL SEMPRE!
MUITO BOM SABER DISSO, NÃO USO MAIS. OBRIGADA PELA INFORMAÇÃO AMIGO ALBERTO.

Visitantes online

Colaborador

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Últimas atividades

© 2014   Criado por Maurecir Mafra.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço